Abril de 2008 – Bilbao, Espanha

 
Localizada ao Norte da Espanha, Bilbao (http://www.bilbao.net) é a maior cidade do País Basco (famoso por sua independência em relação ao resto da Espanha). A cidade conta com mais de 350,000 habitantes que falam uma língua própria, o basco (euskara), além do Espanhol. Como não tem origens latinas, fica muito difícil de entender qualquer coisa. Por exemplo:
 
Espanhol: Si esta es tu primera visita, asegúrate de de revisar las preguntas frecuentes.  Para empezar a ver los mensajes, selecciona el foro que quieres visitar de la lista.
Basco: Zure lehenengo bisita baldin bada, irakur itzazu maiz egiten diren galderak. Mezuak ikusten hasteko, aukeratu zerrendatik bisitatu nahi duzun foroa.
 
Sede do BBVA e de um dos maiores portos da Espanha, Bilbao hospeda uma forte indústria, principamente metalurgia e construção de navios, graças às suas montanhas entupidas de Ferro. Por isso, Bilbao é considerada a Pittsburgh da Espanha. Em função dessa herança industrial, comparada a outras cidades da Espanha, Bilbao não é considerada um grande destino turístico por especialistas. Mas a cidade tem os seus encantos. O rio de mesmo nome que a corta traz um charme especial a uma vilarejo moderninho, como um primo mais pobre e miniatura de Madrid: moderno e antigo (ela foi fundada em – pasme – 1300), sempre uma bonita combinação.
 
Bilbao Buildings 27Calles de Bilbao 14Calles de Bilbao 28
Calles de Bilbao 6Calles de Bilbao 9Rio de Bilbao - Riverwalk 15
 
Bilbao possui um sistema de transporte muito eficiente e acessível em termos de custo, com trens, ônibus e metrô. Uma das principais linhas de um trem futurista verdinho (The Tram) une os maiores museus da cidade ao setor histórico, Casco Viejo, fazendo seu percurso ao longo do Rio de Bilbao.
 
Public Transportation - Subway Station 2Public Transportation 1Public Transportation 2Public Transportation 3
 
A Catedral de Santiago foi construída no mesmo ano da fundação da cidade, 1300, quando ela não passava de uma vila de pescadores. Situada na região mais antiga da cidade (El Casco Viejo), essa igreja católica foi oficalmente declarada catedral somente em 1950. Em 1374 foi arrasada por um incêndio. Como a Igreja estava sem caixa na época, o Papa Gregório XI promoveu uma "queima"de indulgências: lugares no céu com vista para o além; perdão incondicional para homossexuais, adúlteras e pequenos furtos; revocação de sentenças para excomungados; e outros. Tudo era possível desde que você pag…, digo, contribuisse monetariamente (e substancialmente) para a causa da reconstrução da Igreja-Catedral. Quem perdeu a chance, perdeu. Foi para o Inferno depois que morreu.
 
Catedral de Santiago - Interior 1Catedral de Santiago - Interior 2Catedral de Santiago - Interior 5
Catedral de Santiago 1Catedral de Santiago 4Catedral de Santiago 3Catedral de Santiago 7
 
Além da Catedral, outras igrejas notáveis da cidade são: Iglesia de los Santos Juanes, igreja barroca construída desde 1622 até 1693 por padres jesuítas (ainda podemos ver as marcas das três inundações que sofreu); Iglesia de San Vicente Mártir de Abando (http://svicentemartir-abando.org/), um templo parroquial construído entre os séculos XVI e XVII e que se situa nos Jardins de Albia, centro econômico e financeiro da cidade; e a Iglesia de San Nicolás, templo católico de estilo barroco finalizado em 1756.
 
Iglesia de los Santos Juanes, 1622Iglesia de los Santos Juanes - Interior 2Iglesia de los Santos Juanes - Interior 3
Iglesia de San Vicente Martir 4Iglesia de San Vicente Martir - Interior 4Iglesia de San Vicente Martir - Interior 5Iglesia de San Vicente Martir - Interior 3
Iglesia de San Nicolas 2Iglesia de San Nicolas, 1756Iglesia de San Nicolas 3Iglesia de San Nicolas - Interior 1 

 
A maior atração turística da cidade é, sem dúvida, o Guggenheim Museum Bilbao (http://www.guggenheim-bilbao.es/). Pena que não permitam fotos dentro do seu interior… Ele surpreende já de cara por sua arquitetura incomum e inovadora (obra do americano Frank O. Gehry, cheias de "escamas de peixe" em titânio), pelo imenso cachorro terrier feito de plantas e flores no pátio de entrada ("Puppy", obra do artista americano Jeff Koons – cartão postal da cidade) e pela aranha gigante de metal nos fundos do museu, junto ao Rio Bilbao. O único anti-clímax é pagar 11 Euros para ver arte-moderna e, pior, em um museu sem muitos artistas de renome internacional. Ademais, a edificação é tão bonita e impressionante, que muitas vezes você se pega prestando atenção mais ao prédio do museu em si, do que as coleções que estão contidas dentro dele.
 
Museo Guggenheim Bilbao 1Museo Guggenheim Bilbao 16Museo Guggenheim Bilbao 1a
Museo Guggenheim Bilbao 14Museo Guggenheim Bilbao 15Museo Guggenheim Bilbao 18
 
Um passeio obrigatório para qualquer turista em Bilbao é caminhar ao longo dos dois calçadões que correm às margens do Rio Bilbao. Há dez anos atrás, o rio era um esgoto à céu aberto. Porém após um trabalho profissional metódico e ecologicamente correto, similar ao realizado no rio Tâmisa em Londres, o rio voltou a embelezar a cidade e até tem peixes!
 
Rio de Bilbao - Riverwalk 1Rio de Bilbao - Riverwalk 10
Rio de Bilbao - Riverwalk 1aRio de Bilbao - Riverwalk 33
 
Quanto à culinária local vale destacar várias especialidades. Pratos cujo ingrediente principal é polvo (os locais amam de paixão o "pulpo", eu nem tanto…). Magníficos doces e chocolates artesanais vendidos em lojas familiares espalhadas por toda a cidade. Mini-sanduíches de diversos recheios oferecidos como aperitivo e lanche rápido nas bodegas de Casco ViejoSanduíches de Jamon Ibérico (um presunto especial, caríssimo fora da Espanha), que meu amigo americano chamou de "bacon cru". Na verdade é uma delícia, mas os locais – e o restante dos espanhóis em geral – comem tanto, mais tanto, que depois de uns dias em Bilbao você não quer ver essa iguaria na sua frente. Como dizia minha tia-bisavó já falecida: "até doce de côco demais enjoa…". Alias comer nessa cidade é um desafio. Tudo bem que na Espanha se jante muito tarde, mas se você decidir ter uma refeição decente, sentado à mesa de um restaurante, entre 2 e 9 da noite, esqueça. A situação é pior aos Domingos: tudo fecha (exceto o museu Guggenheim…).

 
aaaaaa
Foods Pastries 2Food - Traineras
Food - Baguete con Jamon SerranoFood - Catalan Local 1 
 
Uma caminhada pelas ruas do centro da cidade permite que você conheça os locais um pouco mais e traz agradáveis surpresas na figura de muitos prédios históricos. O Palacio Foral de 1,400 metros quadrados foi construído em 1900 como sede do governo local e conta com um espetacular vitral em seu interior representando a coroação da Senhora de Bizkaia (que deu o nome a toda província onde Bilbao se encontra), rodeada por indústrias que simbolizam a cidade. Dentro do palácio existe uma quantidade grande de pinturas clássicas e a que mais me impressionou foi a obra do catalão José Echenagusia, Paisajismo en Roma.
 
Palacio de la Diputacion Floral, 1900Palacio de la Diputacion Floral 3
Palacio de la Diputacion Floral - InteriorPalacio de la Diputacion Floral - Interior 2
Palacio de la Diputacion Floral - Interior 3Palacio de la Diputacion Floral - Interior 4Palacio de la Diputacion Floral - Interior - ECHENAGUSIA, Paisajismo en Roma
 
Outros prédios notáveis incluem: o barroco Ayutamiento (sede do governo municipal, como uma prefeitura) ou Casa Consistorial, que um dia foi um convento construído em 1892; e o Teatro Arriaga (http://www.teatroarriaga.com/), outro edifício barroco construído em 1890, que sofreu um pavoroso incêndio em 1914 que arruinou todo o seu interior original, substituído por uma decoração mais convencional.
 
Ayuntamiento, 1892aaaTeatro Arriaga 1Teatro Arriaga - Interior 1Teatro Arriaga - Interior 2aaa
 
Durante o passeio, um descanso merecido e uma parada no Café Iruña (http://www.cafeiruna.com/), o mais antigo da cidade ainda em funcionamento. Inaugurado em 1903, trata-se de um lugar aconchegante que recebe turistas, locais e famintos por comida caseira em geral em um ambiente multi-cultural. para quem bebe, um programa imperdível em Bilbao. Para quem gosta de papo cabeça também.
 
Cafe Iruna 0Cafe Iruna 1Cafe Iruna 3
 
A última grande atração no centro da cidade é a Plaza Mayor, onde se encontra o majestoso Palácio de Chavarri, de arquittura flamenca e construído no início do século XX. Se você prestar atenção na foto em alta resolução do palácio, verá que nenhuma janela é igual à outra. Hoje a edificação hospeda a sede do governo espanhol dentro do País Basco.
 
Plaza Mayor 3Plaza Mayor 6Plaza Mayor 8
Plaza Mayor 9Palacio de Chavarri, 1894
 
Porque um policial armado na porta do Palácio de Chavarri? Fora a tradição em casos como esse, em Bilbao voê vê uma quaindade de policiais passeando bem acima do normal, para uma cidade européia. No passado o governo tinha um montão de problemas com a organização armada separatista ETA, notável por utilizar ataques terroristas para provar seu ponto. Até o famoso cessar fogo permanente de 2006, ele mataram mais de 800 pessoas. O movimento foi criado como uma reação à Ditadura Espanhola de Franco, em 1952, que fazia de tudo para suprimir a língua e a cultura Basca. Como típicos extremistas, sempre se comportavam como carniceiros inumanos para sustentar suas opiniões. Por exemplo, durante a construção da usina nuclear de Lemoiz (até hoje não finalizada), um grupo ecológico Basco fez uma campanha contra sua conclusão. O ETA aderiu à campanha e contribuiu a sua maneira: simplesmente assassinou cinco engenheiros encarregados. O maior banho de sangue aconteceu em 1987, quando um carro roubado, cheio de explosivos, foi deixado dentro do estacionamento de um supermercado em Barcelona. Resultado: 21 mortos e 20 aleijados. Convém deixar claro minha opinião pessoal sobre o tema: se um grupo insurgente joga um caminhão cheio de TNT contra uma base militar "inimiga", é mais uma manobra de combate. Se joga o mesmo caminhão contra um prédio cheio de gente inocente, é terrorismo.
 
aaaaaaaaa  
 

Veja aqui todas as fotos (quase 180) em alta resolução da cidade de Bilbao.
Para visualizá-las (slide show) é necessário um cadastro no yahoo.com ou yahoo.com.br, ou direto no flickr.com
Não esqueça de incluir a legenda (options, abaixo à direita – marque always show titles) durante a exibição dos slides. Todas as fotos podem ser baixadas/downloaded em altíssima resolução.
 
É isso.

Advertisements
This entry was posted in Europa. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s