Abril de 2007 – Museu Nacional de Belas Artes – Buenos Aires, Argentina

 

O Museo Nacional de Bellas Artes (http://www.mnba.org.ar/) em Buenos Aires, Argentina, assim como o Museu do Prado, merece uma entrada neste blog só dele. É um grande museu de arte, tanto no sentido do acervo, quanto literal: mais de 10.000 obras de arte espalhadas por 10.000 m2. O garboso edifício já foi uma vez uma estação de tratamento de água que em 1930 adaptou-se para o que é hoje o museu. 

 

Museo Nacional de Bellas ArtesMuseo Nacional de Bellas Artes 1

 

A entrada é gratuita, mas não há guias competentes como os europeus. Embora seja proibido o uso de flashes, a fotografia é permitida. As obras são basicamente Européias e Argentinas, desde o século XIII até o XX, com temas religiosos ou greco-romanos e alguma arte moderna. Há uma quantidade significativa de obras impressionistas.

 

Seguem em minha opinião, as obras mais impressionantes (sem trocadilho…):

 

– "A ninfa surpreendida" (1861), de Eduardo Manet. Gostei tanto que tenho uma réplica pendurada em minha sala. Inocência e estupefação em uma combinação matadora. Manet daria um grande fotógrafo!

– "Sancho y su Rocio", por Carbonero. Só de olhar, da quase para sentir o amor do personagem de Cervantes pelo seu animal. Eu sei porque é o mesmo olhar que a minha esposa tem quando abraça nossa cadela, Willow. Por falar isso, não sou muito fãs de "pets", mas nem me atrevo a dizer a ela: "a cadela ou eu…"

– "Soldado Arabe Ferido" (1845), por Vernero. A dramaticidade da obra é arrebatadora. O francês curtia pintar batalhas épicas. Essa foi durante as guerras francesas na Argélia.

– "Um anjo com a cabeça de São João" (1845), por Vernero. Essa escultura retoma uma passagem muito conhecida do novo testamento, logo após a degola de João Batista. Notem a expressão no rosto do anjinho.

– "Reverie", por…Charles Chaplin (!?). Não, não é o comediante. É só o pintor homônimo. Suas pinturas foram consideradas extremamente eróticas para a gente do século XIII. Chegaram a ser vetadas pelo imperador Napoleão III em toda a França.

– "O primeiro funeral", escultura criada por Barrias. Impossível não ficar tocado com a tristeza dos dois pais, Adão e Eva, carregando o corpo do filho Abel. O beijo da mãe na testa do rapaz sem vida é de partir o coração.

– "Pandora", por Lefebvre. Um dos mitos mais famosos do legado greco-romano. Pandora foi a primeira mulher criada e cada deus deu-lhe uma característica: beleza, música, persuasão… Era uma menina curiosa (não seria um pleonasmo?) cuidando de uma caixa que não poderia ser aberta em nenhuma hipótese. Uma combinação mortal: MULHER x SEGREDO x "NÃO PODE". Ela abriu e deixou todos os males do mundo sairem da caixa para a nossa esfera. Não quero ser implicante com a Igreja Católica e com a Bíblia, mas vocês não conhecem uma história semelhante no Antigo testamento?

 

MANET, La Nymphe Surprise, 1861CARBONERO, Sancho y su RocioVERNET, Soldado Arabe Ferido - 1845CANO, Um Anjo com a Cabeca de Sao JoaoCHAPLIN, ReverieBARRIAS, Les Premieres FuneraillesLEFEBVRE, Pandora 

 

Agora algumas obras de arte reconhecidas mundialmente:

 

– "La Urpila" (1946) e "Retrato de Rosario" (1934), de Ramon Gomez Cornet, um dos maiores pintores argentinos de todos os tempos, especializados em formas simples e melancólicas.

– "Mulher do Mar" (1892), por Paul Gauguin, o grande pintor obcecado por mulheres do Tahiti.

– "Duas dançarinas de amarelo e rosa" (1892), por Edgar Degas, esse obcecado por bailarinas.

 

CORNET, La Urpila - 1946CORNET, Retrato de Rosario, 1934GAUGUIN, Femme a la Mer - 1892DEGAS, Deux Danseuses Jaunes et Roses  

 

“O Beijo”, uma das muitas cópias do original francês do mestre Rodin, é a obra mas popular do Museu. 

 

RODIN, Le Baiseur - 1889 ARODIN, Le Baiseur - 1889 C
RODIN, Le Baiseur - 1889 DRODIN, Le Baiseur - 1889 

 

Quadros em alta resolução e fotos do museu:

http://www.flickr.com/gp/14007031@N04/ooBj6X

Para visualizá-las é necessário um cadastro no yahoo.com ou yahoo.com.br

 

E’ isso… 

 

 

Advertisements
This entry was posted in América Latina. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s